Por que não conseguimos alcançar nossos objetivos?

E pior, muitas vezes nem temos nenhum.

De onde vem a crença de que não podemos ter o que queremos, de que é difícil ou inatingível?

Isso é o que chamamos de Crenças Limitantes. São verdades ditas ou experiências vividas por outras pessoas, das quais nos apropriamos como exemplos e, consequentemente, nos escondemos atrás delas.
Nossa formação psíquica vem da nossa convivência com as pessoas e dos ambientes onde tivemos nossas primeiras experiências.
E por isso vivenciamos as limitações, medos e aflições que não são nossos e não sabemos como nem de onde vieram.
A corrente que prende o elefante adulto é a mesma de quando era um filhote. É assim que acontece, de uma maneira figurada, com o ser humano. A limitação que teve na infância se arrasta na vida adulta.
Tudo isso também é usado como ganho secundário. Já que não tivemos uma estrutura boa na infância, podemos jogar a culpa nos outros e ficar parados, apenas vivendo um dia atrás do outro, reclamando.
Assim passamos a trabalhar com o que não gostamos, a ficar em relacionamentos ruins ou sozinhos, a deixar de ter uma vida próspera por acreditar que não podemos ter algo melhor ou que nosso destino já está traçado.
Só existe um limite durante a vida, aquele que as pessoas se impõe.
O autoconhecimento nos mostra quem somos, de onde viemos e o que realmente queremos para nós.
Toda experiência é válida, mesmo as que não foram boas, pois assim aprendemos a superar.

A vida é feita de escolhas, só devemos decidir quem vai tomá-las.

ATENDIMENTO

Seg. a Sex. das 9h às 20h

11 98506-7894 
contato@rodolfocastilho.com.br

Rua Dr. Fabrício Vampré, 148
(Ao lado do Metrô Ana Rosa)
São Paulo - SP - 04014-020

Todos os Direitos Reservados